19 de maio de 2009

Língua


Se me levam a língua,
quem volteará os sentidos
e o descanso,
a memória do mundo
e as papoilas
para dizer-te
e que sejas
outra tarde
meu amor?

4 comentários:

soantes disse...

Cantarás sempre.

Iolanda Aldrei disse...

Enquanto nao nos tirem a língua, nesta Terra, ao Norte das liberdades.
Grande abraço

Anxo Bama disse...

Alegroume moito verte outra vez por Compostela, e máis nese día tan importante, días das nosas letras, día de loita e reivindicación.
Un saudo

Iolanda Aldrei disse...

Sempre, Anxo... tempos complexos, tempos de rua, tempos de amar alto e dizer, sem medo ao medo...
Abraço